VERONA, ITÁLIA – UMA BELA E AGRADÁVEL CIDADE SOB A SOMBRA DE ROMEU E JULIETA

49

Piazza Brà

William Shakespeare escreveu Romeu e Julieta entre 1591 e 1595. A história de amor contada não passa de uma ficção, Shakespeare nunca pisou na cidade italiana e não existem quaisquer evidências históricas que provem, em parte, sua veracidade. Mas bastou o escritor ambientar essa que é uma das histórias mais famosas do mundo em Verona para que a cidade pegasse uma “carona” nessa fama.

E a cidade fez isso muito bem. Basta dar uma passada no local mais visitado e disputado de todos: a CASA DE JULIETA [FOTOS]. Localizada na Via Capelo nº23, a casa é na verdade uma estalagem do século XIII e possui um balcão onde, teoricamente, Romeu subiu para se encontrar com Julieta (o balcão foi mais uma “carona” que a cidade pegou na história porque foi construído somente na década de 1930). Uma estátua de bronze de Julieta no jardim carrega a lenda de que traz sorte no amor se tiver o seio tocado. Lenda ou não, todo mundo faz isso o que até fez essa “parte” perder a cor original do bronze. E se depois de visitar essa bela casa você quiser conhecer o lugar onde ela está “enterrada” existe em outro local da cidade – Via del Pontiere – a TUMBA DE JULIETA [FOTOS]. Apesar da ficção, vá de alma aberta porque o lugar, um convento do século XIII,  é bem bonito e agradável e ainda abriga algumas obras de arte.

12

Arena de Verona do século I

Mas nem só de Romeu e Julieta vive a cidade. Verona possui um patrimônio arquitetônico e histórico muito preservado criando uma atmosfera muito agradável. Na bela PIAZZA BRÀ [FOTOS] fica localizada a Arena de Verona – um anfiteatro do Século I – palco, num distante passado, de combates sangrentos e execuções públicas e que hoje faz parte dos festivais de ópera e música erudita. É o terceiro maior anfiteatro da Itália com capacidade para até 15000 pessoas e na época em que foi inaugurada podia abrigar toda a população da cidade. Se quiser dar uma olhada na praça, além das fotos, basta ver o vídeo abaixo:

DSC07765

Ponte Scaligero com o Castelvecchio ao lado

Bem perto da Piazza Brà, seguindo pela Via Roma, fica localizado um castelo medieval do século XIV. Apesar do exterior do CASTELVECCHIO [FOTOS] continuar o mesmo até hoje, seu interior sofreu grandes reformas para abrigar uma bela galeria de arte, mas nada disso tira a sensação de se estar dentro de um castelo medieval. Bem interessante a forma em que ele está disposto com uma ruela atravessando pelo meio partindo da rua principal até o lado do rio onde se chega à Ponte Scaligero – uma ponte medieval construída na mesma época do castelo e reconstruída depois que foi explodida pelos alemães em 1945.

1

A bela Piazza Erbe. O relógio – no alto à direita – é parte da fachada da Torre dei Lamberti.

Voltando para a Piazza Brà e seguindo pela Via Giuseppe Mazzini você chegará num agradabilíssimo conjunto de duas praças: a PIAZZA ERBE e a PIAZZA DEI SIGNORI com a TORRE DEI LAMBERTI [FOTOS]. A Piazza Erbe tem esse nome herdado do antigo mercado de ervas da cidade que se instalou na Idade Média e funciona até hoje. Sanduíches, pernil temperado com ervas e muitas frutas estão entre os itens que podem ser apreciados no local além de muitas lembrancinhas que estão à venda. O Leão de Veneza – na coluna num dos extremos da praça – marca a conquista de Verona pelo Império de Veneza em 1405. A fonte, no meio da praça, tem uma estátua no centro dos tempos romanos. Atravessando o Arco della Costa (Arco da Costela assim batizado porque tem uma costela de baleia pendurada a muitos anos) se alcança a Piazza dei Signori com uma estátua do século XIX de Dante ao centro. Num dos prédios – o Tribunal de Justiça – fica a Torre dei Lamberti. Não deixe de subir os 84 metros dela – calma, tem elevador para boa parte da subida – e apreciar uma belíssima vista da cidade e dos Alpes. Se quiser fazer um “pequeno passeio” na Piazza Erbe, basta ver o vídeo abaixo:

Verona também abriga belas igrejas medievais. E duas delas você não pode deixar de conhecer. A primeira é o DUOMO [FOTOS]. Sua construção data do século XII e, além de um belo interior, possui uma passagem perto do altar para uma área que abriga ruínas de igrejas mais antigas e um batistério do século VIII (San Giovanni in Fonte) construído por romanos. A pia batismal foi esculpida em 1200. Se quiser ver com é o interior dela, além das fotos, basta dar uma olhada no vídeo abaixo:

A outra igreja que você não pode deixar de visitar é a SAN ZENO MAGGIORE [FOTOS]. Local do santuário do padroeiro de Verona  foi construída no século XII e é tida como a mais ornamentada igreja românica do norte italiano. Painéis de mármore ao lado da porta principal – esculpidos em 1140 – ilustram a vida de Cristo e do Livro do Gênesis. O interior é muito interessante. O teto é em formato de quilha de navio e foi feito em 1386. Um pequeno santuário – cripta – guarda o corpo de São Zeno, nomeado oitavo bispo de Verona em 362 e morto em 380. Se quiser ter uma ideia do interior, além das fotos, basta ver o vídeo abaixo:

Verona encanta a todos os visitantes por sua beleza histórica e realmente ela se mostra bem receptiva aos turistas. Mesmo sem o “empurrãozinho” – meio que sem querer – de Shakespeare, com certeza essa bela e agradável cidade do norte da Itália teria o seu destaque merecido em qualquer roteiro de viagem. E Verona realmente se destaca mesmo sob a sobra de Romeu e Julieta o que, aliás, só faz bem a ela.

ARREDORES DE VERONA: LAGO DE GARDA

O Lago de Garda é o maior lago da Itália e fica a apenas 40 minutos de Verona. Diversas cidades margeiam este imenso lago e um bate-e-volta [FOTOS] vale a pena para conhecer o contraste entre a bela natureza inspirada no lago e seus paredões de pedra e a história medieval de suas cidades com seus castelos e ruelas estreitas como, por exemplo, Malcesine e o Castello Scaligero.

DSC07525

Vista do alto da torre do Castello Scaligero em Malcesine

Esse post foi publicado em Verona e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para VERONA, ITÁLIA – UMA BELA E AGRADÁVEL CIDADE SOB A SOMBRA DE ROMEU E JULIETA

  1. Juliana disse:

    Olá ! Acabo de descobri seu site e adorei ! Eu e meu marido adoramos viajar, e gostaria de saber como você chegou em Verona.
    Grata

    Curtir

    • VICTOR SANTOS disse:

      Oi Juliana!!!
      Que bom que vc gostou do blog 😉 Nessa viagem eu fiz o roteiro Roma-Siena-Florença-Verona-Veneza e arredores e, por isso, aluguei um carro. Recomendo alugar um se vc estiver pensando em se locomover pelo país. É muito mais prático, as estradas são boas e viajar de trem cansa um pouco se vc tiver que sair das rotas das principais cidades. Se vc estiver apenas pensando em Verona, a cidade tem aeroporto e existem voos do Brasil para lá fazendo conexão em Roma.
      Qualquer nova dúvida, pode me escrever. Será um prazer lhe ajudar!
      Abs,
      Victor

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s