FLORENÇA, ITÁLIA: UM LEGADO DE PURA HISTÓRIA E BELEZA ARTÍSTICA

Como gosto muito de história, Florença tinha que fazer parte do meu roteiro de viagens. Com mais de 2000 anos, berço do Renascimento italiano e cidade natal de personagens famosos como Dante Alighieri e Galileu, Florença é como um museu a céu aberto já que a cidade abriga diversas obras de artistas renomados como Michelangelo, Leonardo da Vinci e Donatello. Mesmo que você não seja fã de museus – dois deles estão entre os mais visitados da Itália: a Uffizi e a Galleria dell´Accademia – ou não esteja com paciência para encarar as longas filas deles, uma voltinha pelas ruas dessa charmosa cidade já seria o bastante porque sua arquitetura também é deslumbrante.

DuomoLogo na chegada é impossível não perceber e se encantar com a Catedral de Santa Maria del Fiore, mais conhecida como DUOMO DE FLORENÇA [FOTOS]. Essa bela catedral construída durante 6 séculos a partir de 1296 possui a fachada externa coberta por mosaicos em mármores coloridos em estilo neogótico. Realmente linda e para quem nunca a conheceu pessoalmente pode pensar assim como pensei: “Caramba! Se o exterior é assim, imagina como deve ser o interior!”. E foi exatamente nesse ponto que tive uma pequena decepção: com exceção da belíssima pintura da abóbada da nave principal da catedral, seu interior é muito “simples” diante de toda a sua imponência. Se acham que estou exagerando é só dar uma olhada no vídeo abaixo:

 Passado esse pequeno “choque”, aprecie o relógio acima da porta de entrada acertado com a hora itálica – marcação do tempo utilizado na Itália na idade média onde o dia começava a partir do por-do-sol -, os vitrais e a já mencionada belíssima pintura da abóbada central (os afrescos do Juízo Final). Ainda é possível descer e visitar as antigas fundações da Catedral de Santa Reparada  que reinou por 9 séculos antes do atual Duomo ser construído por cima de seus escombros. Logo após, não deixe de visitar o Batistério com seus famosos portões de bronze em frente ao Duomo e de subir até o alto da cúpula da catedral para ter uma bela vista da cidade. A subida é um pouco “apertada”, mas vale a pena. Se ficou curioso, bastar dar uma olhada no vídeo abaixo:

DSC05994

Ponte Vecchio

Florença com Duomo é uma associação natural quando se fala dessa bela cidade. Outras associações também são feitas ao dar uma voltinha admirando as suas RUAS E ARQUITETURA [FOTOS]. A Ponte Vecchio é uma delas. A mais antiga ponte de Florença datada de 1345 foi ocupada inicialmente por ferreiros, açougueiros e curtidores até 1593 sendo substituídos por joalheiros e ourives. O Corredor Vassariano – projetado em 1565 para que a família Medici circulasse entre suas moradias sem se misturar com a multidão – acompanha a ponte por cima de um dos lados.  Aliás, esse corredor que começa por dentro da Uffizi, abriga hoje uma bela coleção de quadros e só pode ser visitado através de visita guiada contratada. Outra associação com Florença é a Piazza della Signoria onde fica o Palazzo Vecchio – local da prefeitura da cidade. Por séculos como o coração da vida social da cidade, na praça ficam também a bela Fontana di Nettuno e uma cópia da estátua de Davi de Michelangelo. Aliás, a bela estátua de Davi original está na Galleria Dell´Accademia e que você não pode deixar de visitar. Uma outra associação famosa com Florença é com o famoso Leonardo da Vinci. Considerado um dos maiores pintores de todos os tempos, ele também foi – acredite se quiser – cientista, matemático, engenheiro, DSC06033inventor, escultor, anatomista, arquiteto, botânico, poeta e músico. Eu também não conhecia essas outras habilidades dele até ler uma uma biografia sobre a sua vida (CHAUVEAU, Shopie – Leonardo da Vinci, 2010 – Editora L&PM). Algumas cidades italianas têm um  museu com as suas invenções (a maioria delas nunca saiu do papel na época de Leonardo) e em Florença – local onde ele morou por muito tempo – não seria diferente. E o MUSEU LEONARDO DA VINCI [FOTOS] é muito interessante por mostrar um personagem que “enxergava” muito a frente de seu tempo. Por fim, outro local importante de Florença e que poucas pessoas não associam à cidade de imediato é a BASÍLICA DI SANTA CROCE [FOTOS]. Uma bela igreja gótica de 1294 que guarda os túmulos de florentinos famosos como Michelangelo, Galileu e Maquiavel e que tem como ponto alto os belos afrescos da Cappella Bardi – na área do altar-mor – pintados no século XIV.

Veja no vídeo abaixo uma volta pela Piazza della Signoria de noite:

Deu pra ver que usei muito as palavras “belo” e “famoso”. Talvez Florença seja isso mesmo. Uma união de pura história com as belezas artísticas que ela deixou de legado para a humanidade.

ARREDORES DE FLORENÇA – UM PULO AO MUSEU FERRARI EM MARANELLO

3Se você estiver hospedado em Florença e for fã de carrões, no sentido mais apaixonado da palavra, tire um dia para visitar Maranello a 140 km de Florença. É lá que fica a sede da marca mais famosa do mundo: a Ferrari. São duas atrações: a fábrica propriamente dita e o MUSEU FERRARI [FOTOS] onde é possível conhecer a história dessa lenda tanto nas ruas quanto nas pistas de corrida principalmente a Fórmula 1. Quando fui dei muita sorte porque o museu estava com uma exposição que só pelo nome já dava para se ter uma ideia do que seria: “Ferrari Supercar”. Vários modelos que marcaram época desde os primeiros (aqueles antigos e charmosos) até o lançamento da época – a La Ferrari – passando pelos bólidos de corrida incluindo os modelos usados nas temporadas de Fórmula 1. Fantástico.  Deu até para pilotar o simulador de fórmula 1 deles. Se quiser ver como foi, basta ver o vídeo abaixo:

Para visitar a fábrica é preciso agendar com antecedência. Como não fiz isso, infelizmente não tive o prazer de conhecer esse lugar que permeia o imaginário de muita gente e inclui ainda uma visita ao circuito de Fiorano onde a Ferrari realiza seus testes. Não dê bobeira!!! Acesse o site oficial  http://museomaranello.ferrari.com/factory-track-tour/ e agende logo a sua visita.

Se você quiser ter o gostinho de dirigir uma “máquina vermelha” dos sonhos, existem diversos modelos à disposição. A tabela da época (agosto 2013) era essa:

103

Esse post foi publicado em Florença, Maranello e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s