PISA, ITÁLIA: UMA “DAY TRIP” QUE JÁ VALE A PENA

Campo dei Miracoli

Campo dei Miracoli

Pisa pode até ter sido uma poderosa cidade comercial no século XII que atraiu muita riqueza e cultura vistas até hoje nas praças e museus da cidade. Mas o seu monumento mundialmente famoso faz com que os visitantes se interessem apenas por um grande campo na cidade chamado de CAMPO DEI MIRACOLI [FOTOS] declarado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É nele que se encontra a famosa Torre de Pisa, mas também abriga outras três belas atrações: o Duomo, o Batistério e o Camposanto.

O Duomo foi construído no século XI com portões de bronze instalados no século XVIDSC06608 após a reconstrução necessária por causa de um grande incêndio. Seu interior, com paredes de mármore branco e preto, é ricamente ornamentado e se destacam um púlpito lindamente esculpido e pinturas dos maiores nomes da Toscana. Lembro até hoje que ao caminhar em direção ao Duomo fiquei achando que seria mais uma bela catedral que estaria visitando até pisar em seu interior e ter uma espécie de “baque”. Pensei na hora: “Que interior extraordinário!!! Nunca tinha visto uma catedral tão bela quanto essa!!!”. Nem lembrava mais, naquele exato momento, da Torre – que originalmente tinha sido construída para ser um campanário da catedral. Ficou curioso ? Dá uma olhada no vídeo abaixo:

Pensando agora, a sua beleza interior rivaliza com o Duomo de Siena que já tinha visitado nessa mesma viagem à Itália, mas que na época não impactou tanto quanto a catedral de Pisa talvez porque não esperava toda essa beleza de um lugar onde o “foco” é a Torre. E rivaliza também com a belíssima Basílica de São Marcos em Veneza, mas que só a visitaria após a ida em Pisa.

O Batistério circular fica bem em frente ao Duomo. Começou a ser construído no século XII levando 100 anos para ficar pronto, mas depois de se encantar com o Duomo fiquei meio “anestesiado” e apenas parei alguns minutos para admirar o púlpito e a pia batismal feitos em mármore. O Quarto elemento do Campo dei Miracoli, e que a maioria nem deve saber que existe até visitar o lugar, é o Camposanto. O Camposanto é um cemitério e se DSC06590acredita que ele guarde terra trazida da Terra Santa. Ele era todo decorado com afrescos, mas a Segunda Guerra Mundial se encarregou de acabar com praticamente todos eles ou danificá-los. E a famosa Torre ? Bem, ela é a principal atração do campo. Começou a ser construída em 1.173 e, 100 anos depois, quando o terceiro piso ainda estava sendo construído começou a ceder no terreno arenoso. Apesar disso, a construção continuou e quase oitenta anos depois foi concluída. Foi nela que o famoso cientista Galileu Galilei realizou seus experimentos sobre a velocidade de queda dos objetos. Se quiser subir, basta agendar um horário numa recepção que fica ao lado da torre.

Tudo isso é possível ser visitado em apenas meio dia. Foi o que fiz: peguei um trem de Florença – onde estava hospedado – e fiz um bate-e-volta até pisa. E você ainda se diverte vendo uma multidão fazendo ao mesmo tempo aquelas famosas fotos artísticas: um montão de pessoas ao mesmo tempo “escorando” a torre. Nada contra!!!

Esse post foi publicado em Pisa e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s